Certificado Digital: Saiba para que serve e os motivos da sua empresa precisar dele

O certificado digital é um arquivo eletrônico que utiliza chaves criptografadas para confirmar a identidade de uma pessoa física ou jurídica. 

Entenda os motivos do porquê uma empresa deve optar pelo certificado, como obtê-lo e quais atividades serão validadas através dele, confira!

Neste artigo você vai ler sobre:

  • O que é o certificado digital para empresas?
  • Tipos de Certificado Digital
  • Atividades validadas através do Certificado Digital 
  • Como solicitar um Certificado Digital
o que é o certificado digital para empresas_

Ele se trata de um documento de identificação que garante agilidade e segurança nas transações eletrônicas. Pode ser usado por pessoas físicas e jurídicas para se identificarem e assinarem documentos importantes de qualquer lugar do mundo. Tudo que é feito através dele, ganha validade jurídica. 

Para ter acesso ao certificado digital é preciso apresentar os documentos de forma física. Desse modo, é confirmada a identificação dos seus emissores. 


Não são todas as empresas que são obrigadas a possuir o certificado, porém, ele passa a ser uma exigência nas seguintes situações:

  • Empresas que querem emitir Nota Fiscal Eletrônica, inclusive quem é MEI e Simples Nacional;
  • Empresas com mais de 5 funcionários, pois é exigido nos demonstrativos de recolhimento do FGTS e outros encargos trabalhistas;
  • Para entrega do RAIS nas empresas com 11 ou mais colaboradores em seu quadro;
  • Empresas que são do regime Lucro Presumido também necessitam do certificado digital.

Ele foi criado por conta da necessidade de garantir a segurança das informações enviadas e recebidas pelas empresas na internet. 

A Medida Provisória nº 2.200-2, de 24 de agosto de 2001, instituiu a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP Brasil. Ela garante a validade jurídica dos documentos eletrônicos e transações que usam os certificados digitais de maneira segura.

Tipos de Certificado Digital

Existem dois modelos de certificado digital, o A1 e o A3. Conheça como cada um funciona para saber qual deles é o ideal para o seu negócio. 

Certificado Digital A1: O modelo A1 tem validade de 1 ano. Se optar por ele, poderá ser usado em um ou mais computadores. Assim, pode ser copiado de uma máquina para outra.

Quando é instalado, ele é acionado pelos outros sistemas que precisam dessa verificação. Portanto, caso você tente realizar alguma atividade que precise da certificação, mas não tiver nenhuma em seu computador, o sistema avisará que ela é necessária.

Certificado Digital A3: No caso do modelo A3, se trata de um certificado físico, podendo ser em cartão ou token. É necessário instalar um software próprio no seu computador. Com isso, ele estará pronto para uso e sua validade é maior que o A1, com duração de 3 anos.

Confira os modelos de certificados digitais do tipo A que podem ser usados para fins profissionais, empresariais e pessoais:

  • e-CPF: assinatura em nome da pessoa física;
  • e-CNPJ: uso da empresa;
  • NF-e: emitir notas fiscais;
  • e-Saúde: profissionais de saúde;
  • e-Jurídico: advogados;
  • e-Contador: contadores.
Atividades validadas através do Certificado Digital

Várias atividades se tornam seguras e autênticas através do certificado digital. Ele agiliza a vida do empreendedor, otimizando seu tempo ao realizá-las de forma online, confira algumas delas:

  • Transações bancárias;
  • Validade jurídica em documentos eletrônicos;
  • Declarações;
  • Assinatura e envio de documentos e notas fiscais.

Além disso, a empresa fará login nos ambientes virtuais com segurança. Sem contar com a economia de papel ao se resolver tudo pela web. Também não podemos esquecer dos profissionais que teriam que se deslocar para resolver as pendências pessoalmente.

Atividades validadas através do Certificado Digital

Agora que você conheceu os tipos de certificado digital, chegou a hora de saber como obtê-lo. Eles são emitidos pelas Autoridades Certificadoras (ACs), regulamentadas pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

No site do Governo Federal é possível verificar as ACs disponíveis para emitir o seu certificado.

Após a escolha da sua Autoridade Certificadora, o atendimento será presencial. Nele, será feita a validação dos documentos em um escritório, na Autoridade de Registro (AR). Dessa forma, garantindo que o certificado digital seja vinculado à pessoa física ou jurídica de forma segura.

Se o responsável legal pela empresa já tem a certificação digital de pessoa física, ele pode emitir o certificado empresarial de forma online.

Dependendo do tipo de certificado solicitado, você pode retirá-lo no mesmo local em que você fez a análise dos documentos, na AR. No ato da solicitação junto a AR, o pagamento também deve ser feito, podendo variar e R$ 140,00 a 200,00.

No caso dos certificados com dados biométricos cadastrados, softwares ou mídia física, as Autoridades Certificadoras permitem que a renovação seja feita online. 

As vantagens vão além da agilidade nos seus processos, com o certificado digital, sua empresa terá mais segurança nas transações digitais. 

Na Itamarati Contábil você conta com a ajuda de profissionais qualificados para lhe auxiliar na escolha do seu certificado digital, além de outras necessidades para sua empresa. Fale conosco agora mesmo