A maioria dos empresários brasileiros têm uma preocupação em comum: as autuações fiscais. No Brasil, a burocracia e a grande carga tributária são elementos que podem trazer muita dor de cabeça para quem tem um negócio.

Por isso, podemos dizer que cuidar de questões fiscais é um dos grandes desafios dos empreendedores. Afinal de contas, como sabemos, um pequeno erro pode trazer transtornos ao negócio.

A melhor forma de lidar com isso é estar atento ao cumprimento das obrigações, mas também ter por perto uma boa assessoria contábil. Esse prestador de serviços atua em questões importantes, por isso ter uma equipe em que possa confiar, é indispensável.

Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre esse tema e além de dicas, um exemplo prático de uma boa gestão fiscal e como evitar autuações fiscais de forma lícita.

Tenha o acesso fácil a um calendário de obrigações 

Consulte mensalmente se todas as exigências foram cumpridas.

Seguindo a legislação é possível evitar multas e juros por falta de pagamento de tributos, mas principalmente a empresa corre menos risco de ter problemas com órgãos federais, como a Receita Federal e o Ministério do Trabalho.

Mantenha sua equipe capacitada

Invista na atualização dos colaboradores sobre o assunto. Essa é uma forma de garantir que todos estejam por dentro da agenda tributária da empresa e isso permitirá que haja uma harmonia entre a assessoria contábil e o setor financeiro da organização.

Faça auditoria interna

Uma auditoria é uma ótima maneira de verificar como estão os setores da empresa e o que pode acontecer no caso de uma fiscalização. Por isso, o ideal é que haja auditorias preventivas e de forma periódica.

Elas servem para que alguns pontos possam ser analisados, principalmente nas áreas contábil, fiscal e trabalhista. Assim, o empreendedor conseguirá identificar precocemente posturas que podem ser prejudiciais para o negócio.

Tenha uma boa parceria

Invista em uma boa assessoria contábil, uma empresa que não seja apenas uma prestadora de serviços, mas também uma parceira de negócios.

É importante levar em consideração os conselhos dados pelo profissional de contabilidade. Afinal de contas, uma autuação fiscal pode ser prejudicial e dificultar o crescimento da empresa ou ainda impedi-la de operar.

A assessoria contábil tem um papel fundamental em todas as questões fiscais e tributárias de uma organização.

Começando pela escolha do regime de tributação, a empresa evita custos desnecessários, além de manter uma boa gestão fiscal e garantir um controle financeiro efetivo.

Para reduzir os impostos, foi feita a revisão completa dos NCM na parte de tributos federais, pelo departamento fiscal da Itamarati Contábil . Na primeira apuração de Pis e Cofins foram identificados o benefício da alíquota 0% monofásica diminuindo as guias de impostos em aproximadamente 70%.

Com um novo levantamento de auditoria, observou-se também que o antigo escritório tributava todos os produtos de forma genérica por 0,65% de Pis e 3,00% de Cofins, o que gerou à empresa um pagamento a maior, nos últimos 5 anos, totalizando R$1.200.000,00. Os gestores não tinham conhecimento desta legislação e ficaram muito surpresos com o resultado.

Com isso, a Itamarati solicitou aos órgãos competentes a retificação de todas as obrigações dos últimos 5 anos e iniciou a recuperação dos créditos por compensação, permitindo à empresa não desembolsar, pelo período de 15 meses, os impostos de Pis, Cofins, CSLL e IRPJ.

E se a sua empresa também está precisando de uma equipe especializada para assegurar a saúde financeira do seu negócio, conte conosco.

Itamarati Contábil 30 anos, juntos vamos mais longe!

Fale agora mesmo com um de nossos especialistas

Leia também: Sociedade Limitada Unipessoal – Um novo jeito de abrir empresa com menos burocracia