O velho ditado “é melhor prevenir do que remediar”, nunca fez tanto sentido.

Em função dos reflexos da pandemia do novo Coronavírus, muitas empresas tiveram que repensar seus planejamentos financeiros. As despesas operacionais precisaram ser reduzidas através de renegociações, incluindo a folha de pagamento com a revisão das cargas horárias, salários e outras alternativas como férias, banco de horas e demais medidas. 

Quem poderia imaginar esse cenário? Ele impossibilita a abertura e operação das empresas da maior parte dos segmentos. A máquina econômica do país está literalmente travada, como jamais havia acontecido antes. 

Quer superar a crise? Tenha um ótimo contador.

Durante uma situação de instabilidade é preciso buscar as soluções mais seguras possíveis para as empresas. Sabemos que o Brasil e o mundo não estão vivendo ainda uma crise econômica, mas sim um problema que envolve a área da saúde, embora não possamos subestimar a questão, pois é possível e até provável que a recessão chegue.

Para se ter uma ideia, o crescimento do PIB em 2019 ficou em 1,1% e estava previsto acima de 2% para 2020, mas tudo mudou completamente em muito pouco tempo. Com a pandemia, as novas projeções econômicas são apenas apostas, onde o governo otimista ainda prevê alta de 0,2% e os economistas preveem uma retração de quase 2%. 

E como ficam as empresas neste cenário todo?

Os profissionais contábeis estão trabalhando na linha de frente da saúde das empresas e analisando as medidas provisórias, leis e portarias que podem ajudar na recuperação e na diminuição de riscos, que vão dos mais simples, aos mais complexos.

Claro que o modelo de assessoria contábil importa muito neste momento, pois qualquer atitude errada pode complicar muito o cenário individual de cada negócio.

A dica é buscar um escritório contábil que tenha especialistas das diversas áreas de atuação como fiscal e pessoal por exemplo, além de outras, para solicitar um raio X e assim receber uma orientação mais adequada para a empresa. É preciso estar muito atento, pois em momentos de vulnerabilidade, tomar decisões sem as informações claras, pode ser ainda mais prejudicial.

Todas as novas medidas passam pela área tributária, fiscal e trabalhista e exigem o posicionamento dos profissionais contábeis, mas eles precisam de tempo para estudar as ações propostas pelo governo e tudo o que foi anunciado, para assim avaliar se é pertinente à realidade de determinada empresa, analisar o grau de insegurança jurídica e só assim poder atuar.

Nem tudo é bom para todos os setores, e é muito importante ter essa consciência.

As análises incluem a situação real da empresa do ponto de vista financeiro principalmente, em razão da falta ou parcialidade na operação, como vem acontecendo na maioria dos casos e quanto tempo o negócio consegue se manter, mesmo com a forte queda no faturamento, afinal a maior incerteza é saber quando tudo irá se normalizar.

Adiar o pagamento de impostos já é uma realidade, mas quando chegar a hora de pagar, como estará o fluxo do caixa? Demitir é uma saída, mas custa caro. Banco de horas, trabalho remoto, redução na jornada e outras medidas também não são situações confortáveis. Tudo é muito novo, então a previsibilidade e cautela são muito importantes.

E se a sua empresa está diante desse entrave, sem saber o que fazer, apresentamos a Itamarati Contábil, que é uma assessoria contábil com quase 3 décadas de atuação e experiência. A nossa equipe, que se mantém sempre atualizada, já está contribuindo com muitas empresas nas melhores decisões possíveis, pois queremos sair dessa situação juntos e ainda mais fortes.

CONTABILIDADE NÃO É SÓ BUROCRACIA, É A INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIO PARA SUA EMPRESA OPERAR COM TRANQUILIDADE!

Conte conosco para as análises que a sua empresa precisa e acompanhe os nossos canais de notícias para se manter sempre bem informado.

As informações que a sua empresa precisa durante a pandemia, atualizadas.

8 passos para organizar as finanças da sua empresa em poucos meses.

Assine nossa newsletter.